Indústria Criativa - Portfólios online
Super-tufão Hagupit

Super-tufão Hagupit

06 de Dezembro de 2014 às 00h00

A 8 de novembro de 2013 o super-tufão Hayan fez 7.350 mortos e os filipinos foram apanhados de surpresa, apesar dos avisos das autoridades. Muitos não acreditaram então nas previsões de um tufão com os ventos mais fortes jamais registados na Terra e ondas gigantes, ignoraram apelos e abrigos e mantiveram-se nas zonas costeiras.

Desta vez, o Hagupit irá encontrar sobretudo casas vazias. O tufão estende-se por 700 quilómetros e poderá atingir 44 a 55 das 85 províncias das Filipinas, onde vivem mais de 35 milhões de pessoas.

Nesta sexta, ele registra ventos de 215 km/hora, e avança para as Filipinas pelo Oceano Pacífico. O Centro de Informação sobre Tufões da Marinha dos Estados Unidos diminuiu nesta sexta o Hagupit da categoria máxima de supertufão a de tufão.

No entanto, Hagupit voltará a ganhar força e se tornará o mais potente registrado nas Filipinas este ano, e também poderá causar ondas de mais de um andar de altura ao longo da zona costeira, de acordo com a agência estatal de informação meteorológica Pagasa.

O arquipélago filipino é geralmente a primeira grande massa terrestre atingida por tufões e grandes tempestades tropicais procedentes do Oceano Pacífico.

Esta nação de cem milhões de habitantes sofreu nos últimos anos tempestades de violência incomum, que, segundo os cientistas, se devem à mudança climática.

Registar Conta InsideBB

Registar Conta InsideBB

Conta InsideBB

Recuperar password

Recuperar Password