Indústria Criativa - Portfólios online
Entrevista com Ben Player

Entrevista com Ben Player

18 de Fevereiro de 2011 às 14h23

Ben Player um dos melhores bodyboarders do mundo, dispensa qualquer tipo de apresentações, aproveitamos o início da temporada e da prova de Pipeline para fazer uma pequena entrevista.

O novo formato do tour mundial está a começar com o kick-off em Pipeline. O que pensas desta nova versão da primeira liga e quais as principais diferenças que esperas encontrar durante as restantes etapas?
Estou bastante optimista com o rumo que o Tour está a tomar. Penso que, finalmente, estamos todos a remar na direcção certa. Muito importante é o facto do Director da prova estar fortemente focado nos media e em toda a promoção que as etapas poderão proporcionar. Isto é óptimo para o bodyboard como também para nós, bodyboarders.

Tens algum tipo de treino físico específico ou costumas praticar algo regularmente para manter a boa capacidade física e resistência que tens demonstrado nos vídeos e fotos que nos têm chegado através dos media, nos últimos meses?
Faço muito bodyboard. Acho que é o melhor treino que pode haver para melhorares neste desporto. Acabas por trabalhar diferentes músculos do corpo e a própria resistência física quando remas constantemente para o line up ou enfrentas a rebentação.

Que tipo de pranchas estás a usar agora no Hawai, e porquê?
Estou com uma NMD BP em pp. Nesta temperatura de água, penso que as pranchas em pp proporcionam melhor performance.

Sabemos que a Grand Flavour é uma criação tua, do Dave Winchester e Chad Jackson. Como vês a situação da marca neste momento e o que podemos esperar para 2011?
Grandes surpresas! Chad Jackson está a liderar a Grand Flavour e podemos contar com grandes planos e projectos no futuro.

Como vês esta nova geração de bodyboarders europeus com alto nível de bodyboard como PLC, Amaury, Diego Cabrera e outros? Concordas que esta nova geração está a tornar-se numa “second Austrália” a nível de talentos?
Eu acho que os europeus andam muito! Têm muitas capacidades e um nível técnico elevado no bodyboard. Sabia que era apenas uma questão de tempo até talentos europeus marcarem a sua posição e a prova é que um deles tornou-se campeão mundial o ano passado.

Além da Praia Grande em Sintra, que outros spots para fazer bodyboard conheces em Portugal? Qual a ideia geral que tens sobre as ondas no nosso país?
Infelizmente não tive oportunidade para ir a outros spots pois o tempo livre durante o evento de Sintra é muito pouco pois vimos de um evento anterior e seguimos logo para o próximo destino. Sempre que posso, faço questão de visitar o Castelo de Sintra, adoro o sítio e a sua envolvência.

Como sabes, Nazaré Special Edition é um evento único e exclusivo de bodyboard em Portugal, com ondas grandes e condições muito boas, com um período de espera associado. Se fosses convidado para participar neste evento, poderíamos contar com a tua presença?
Adoraria competir nesse evento. As ondas parecem ser bastante desafiadoras e assustadoras e seria uma boa oportunidade para ver como me comportaria nessas condições.

A maioria dos bodyboarders que nos acompanham procuram incentivos e motivação para melhorar o seu bodyboard não só na música que transportam consigo diariamente no ipod, como também nos seus bodyboarders de eleição, onde tu te inseres, por exemplo. Como é que normalmente encontras esse tipo de motivação e vontade de ir à praia melhorares as tuas capacidades de dia para dia?
Eu adoro fazer bodyboard e isso basta. É algo que me acompanha todos os dias pois é algo que gosto muito de fazer, logo, apenas isso basta para ganhar a motivação de que falas.

Qual a tua manobra favorita?
Depende das ondas. Adoro air forwards em Teahupoo, reverse air em Black Rock e tubos em Padand Padang. Todos os spots são bons para determinadas manobras, eu tento adaptar-me ao que a onda pede e procuro manobrar sempre na zona mais crítica da onda.

Achas que estás a praticar o teu melhor bodyboard de sempre?
Sinto que estou a evoluir de dia para dia, cada dia se aprende algo novo no bodyboard.

Finalmente, o teu último título mundial foi em 2007. Estás definitivamente preparado para lutar pelo 1º lugar este ano? Podemos esperar um Ben Player cheio de raça e vontade para alcançar a vitória no Tour?
Vamos esperar e ver o que acontece… estou bastante motivado mas para alcançar o topo também é preciso que aquela pontinha de sorte te acompanhe e te proporcione as melhores ondas para venceres.

Obrigado Ben, boa sorte para o evento e para o resto do Tour.

Entrevista por Nuno Sobrinho

Registar Conta InsideBB

Registar Conta InsideBB

Conta InsideBB

Recuperar password

Recuperar Password